Naturlink

Investigador Doutorado (m/f) (07-05-2019)

Centro de Ecologia Evolução e Alterações Ambientais

Por decisão do Conselho de Administração da FCiências.ID - Associação para a Investigação e Desenvolvimento de Ciências, encontra-se aberto um concurso internacional para o recrutamento de um investigador com doutoramento, no âmbito do Projecto LxCrop PTDC/ASP-HOR/29187/2017 , na modalidade de contrato a termo resolutivo incerto, nos termos do Código do Trabalho e do Decreto-Lei n.º 57/2016, de 29 de agosto com a redação dada pela Lei n.º 57/2017, de 19 de julho.

I - Requisitos de Admissão
Podem ser opositores ao concurso candidatos nacionais, estrangeiros e apátridas titulares do grau de doutor1 em Eco-fisiologia Vegetal ou Arquitetura com especialidade em agricultura e que satisfaçam ainda os seguintes requisitos:
a)       O grau de doutor tem de ter sido obtido há pelo menos 1 ano
b)       Experiência comprovada em cultura hidropónica de plantas ou em modelação de agricultura em estruturas urbanas
c)       O candidato deverá ter ainda experiência em interação planta microrganismo
1 Salientamos que os graus académicos obtidos em países estrangeiros necessitam de reconhecimento por uma Instituição Portuguesa de acordo com o Decreto-lei nº. 66/2018, de 16 de agosto e a Portaria nº. 33/2019, de 25 de janeiro. A apresentação do reconhecimento é mandatória para a assinatura do contrato. Mais informação poderá ser obtida em: https://www.dges.gov.pt/pt/pagina/reconhecimento?plid=374.

II. Legislação aplicável
1.       Decreto-Lei n.º 57/2016, de 29 de agosto, alterado pela Lei n.º 57/2017, de 19 de julho (RCD);
2.       Código do Trabalho, aprovado pela Lei n.º 7/2009, de 12 de fevereiro, na sua redação actual (CT);
3.       Decreto Regulamentar n.º 11-A /2017, de 29 de Dezembro;
4.       Código de Procedimento Administrativo, publicado através do Decreto-Lei n.º 4/2015, de 07 de Janeiro, na sua versão actual (CPA).

III. Plano de trabalhos
O plano de trabalho está incluído nas tarefas 2, 3 e 4 do projeto LxCrop PTDC/ASP-HOR/29187/2017
WP2 - The best solutions. Testar os melhores consorcios microbianos para serem utilizados em hidroponia: 1) Azospirillum brasilense, Herbaspirillum rubrisubalbicans e Piriformospora indica; e 2) Azospirillum brasilense, Herbaspirillum rubrisubalbicans e Glomus intraradices. Todos as experimentos serão realizados na estufa da FCUL. O desempenho da planta será seguido com base em parâmetros de qualidade simples no local, como: Medidor SPAD de clorofila; Nitrato Cardy Meter; Refratometro Laboratorial Portátil (Brix%); Colorímetro potátil; eNose. Quando os resultados contrastantes são obtidos e os tratamentos são selecionados, as amostras serão coletadas para análises mais detalhadas (atividade nnn). A fitossanidade será monitorada usando o dispositivo eNose e termofotos. Tratamentos fitossanitários serão aplicados somente quando estritamente necessários. Uma vez obtida a melhor solução para tomate e alface, outras culturas poderão ser exploradas.
WP3 - LS crop Sentinel. calibração da carga biológica e do sinal do nariz electrónico.
WP4 - BIA Unit.  A Unidade BIA  (Build Integarted Agriculture) será constituída por um contentor de transporte dividido em uma área de seção de serviço e uma área de cultivo de plantas, e será instalado na FCUL.  Esta tarefa inclui a montagem de todos os equipamentos.

IV. Composição do Júri
De acordo com o artigo 13.º do RCD, o júri do concurso tem a seguinte composição:
·         Presidente –  Cristina Cruz
·         1º Vogal - Teresa Dias
·         2º Vogal - Rogério Tenreiro
·         1º Vogal Suplente -  Manuela Carolino
·         2º Vogal Suplente - Luís Carvalho

V. Local de Trabalho
O trabalho será acolhido pela Unidade de Investigação Centro de Ecologia Evolução e Alterações Ambientais, e será realizado nas suas instalações do Campo Grande, Lisboa, Portugal.

VI. Duração do Contrato
O contrato de trabalho será em regime de contrato resolutivo a termo incerto, a tempo integral, tendo início previsto em junho de 2019, o qual durará até à execução do Plano de Trabalhos referido em III, o qual tem a duração previsível de 24 meses, com a duração máxima de 2 anos, incluindo um período experimental inicial de 30 dias.

VII. Valor da remuneração
A remuneração mensal a atribuir é a prevista no artigo 15.º, n.º 1, alínea a) do Decreto-Lei n.º 57/2016, de 29 de agosto com a redação dada pela Lei n.º 57/2017, de 19 de julho, correspondente ao nível 33 da tabela remuneratória única, aprovada pela Portaria n.º 1553- C/2008, de 31 de dezembro, que corresponde a uma remuneração mensal ilíquida de 2.128.34€, a que acrescem subsídios de férias e de natal, bem como o subsídio de alimentação, no valor e com as condições previstas para trabalhadores com uma relação jurídica de emprego nos termos do CT.

VIII. Avaliação das candidaturas
1.       A não satisfação dos Requisitos de Admissão constitui razão suficiente para não admissão dos candidatos em mérito absoluto.
2.       Nos termos do artigo 5.º do RCD, a seleção dos candidatos aprovados em mérito absoluto realiza-se através da avaliação do percurso científico e curricular dos candidatos nos últimos 5 anos DL57 refere 5 anos, sendo objecto de avaliação a relevância, qualidade e atualidade da produção científica e actividade profissional considerada mais relevante pelo(a) candidato(a), para o projecto.
3.       O sistema de classificação final dos candidatos é expresso numa escala de 0 a 100 %.
4.       São critérios de avaliação em mérito relativo:
a)       Participação em projetos científicos relevantes na área de hidroponia - 40 %;
b)       Publicações na área de Interações planta microrganismo  - 30 %;
c)       Atividades pedagógicas, de extensão e de disseminação do conhecimento, designadamente no contexto da promoção das práticas científicas, organização de cursos, seminários e conferências de promoção e divulgação da aérea agricultura urbana - 10 %;
d)       Apreciação das referências dadas pelo candidato - 10 %.
e)       Entrevista, se considerada necessária pelo júri - 10 % (peso máximo 10% do total da avaliação);
5.       O júri poderá realizar uma entrevista aos 3 primeiros classificados no total dos critérios a) a d) do nº 4, destinada a obter esclarecimentos e/ou explicitação de elementos curriculares apresentados e informações adicionais.
6.       O júri delibera através de votação nominal fundamentada de acordo com os critérios de avaliação.
7.       Das reuniões do júri são lavradas atas, que contém um resumo do que nelas houver ocorrido, bem como os votos emitidos por cada um dos membros e respetiva fundamentação.
8.       Após conclusão da aplicação dos critérios de avaliação, o júri procede à elaboração da lista ordenada dos candidatos aprovados com a respetiva classificação.
9.       A deliberação final do júri é homologada pelo Presidente do Conselho de Administração da FCiências.ID a quem compete decidir da contratação.
10.    Os resultados da avaliação serão divulgados no sítio internet da FCiências.ID (separador “Concursos”), sendo os candidatos notificados individualmente dos resultados da avaliação através de correio eletrónico para o endereço indicado em “Dados Pessoais” da documentação submetida.
11.    Com a notificação que se refere o nº 10, inicia-se a fase de audiência de interessados a que se refere o Artigo 121º e seguintes do CPA, durante um período de 10 dias úteis.
12.    A eventual pronúncia do candidato em sede de audiência prévia deve ser apresentada por escrito em requerimento dirigido ao Presidente do júri – para o endereço fciencias.id@fciencias-id.pt - o qual deve reunir o júri e pronunciar-se no prazo máximo de trinta dias úteis.
13.    No prazo máximo de cinco dias úteis após a decisão final do júri, o Presidente do Conselho de Administração da FCiências.ID homologa a deliberação do júri e notifica os candidatos.
14.    As comunicações entre a FCiências.ID e os candidatos serão electrónicas e obedecerão às seguintes regras:
a)       No momento da submissão electrónica de qualquer documento – designadamente no caso do nº 11 - os candidatos deverão gerar prova de “mensagem enviada”.
b)       A FCiências.ID acusará a recepção dos documentos recebidos através de um email para o endereço utilizado pelos candidatos, num prazo máximo de dois dias úteis.
c)       No caso de ausência da confirmação de recepção pela FCiências.ID - indiciando problemas técnicos que não deverão ser nem da responsabilidade do candidato nem da FCiências.ID - os candidatos devem entrar em contacto com a FCiências.ID, com a prova a que se refere a alínea a), de modo a garantir a entrega e boa recepção dos documentos em causa.

IX. Satisfação de Políticas Públicas
1.       A FCiências.ID promove ativamente uma política de não discriminação e de igualdade de acesso, pelo que nenhum candidato(a) poderá ser privilegiado(a), beneficiado(a), prejudicado(a) ou privado(a) de qualquer direito ou isento/a de qualquer dever em razão, nomeadamente, de ascendência, idade, sexo, orientação sexual, estado civil, situação familiar, situação económica, instrução, origem ou condição social, património genético, capacidade de trabalho reduzida, deficiência, doença crónica, nacionalidade, origem étnica ou raça, território de origem, língua, religião, convicções políticas ou ideológicas e filiação sindical.
2.       Nos termos do Decreto-Lei nº 29/2001, de 3 de fevereiro, o candidato com deficiência tem preferência em igualdade de classificação, a qual prevalece sobre qualquer outra preferência legal. Os candidatos devem declarar no formulário de candidatura, sob compromisso de honra, o respetivo grau de incapacidade, o tipo de deficiência e os meios de comunicação/expressão a utilizar no processo de seleção, nos termos do diploma supramencionado.

X. Submissão de Candidaturas
1.       O concurso decorrerá de 08/05/2019 a 21/05/2019.
2.       A candidatura e os documentos que a instruem podem ser apresentados em português ou em inglês.
3.       As candidaturas serão realizadas através da plataforma electrónica de concursos da FCiências.ID – acessível a partir de http://concursos.fciencias-id.pt.
4.       Na plataforma electrónica, os candidatos preencherão uma secção obrigatória relativa a Dados Pessoais [nome, morada, data de nascimento, e-mail de contacto, nacionalidade e identificadores científicos] e farão o carregamento de ficheiros com os seguintes documentos:
i.            Curriculum vitae detalhado - obrigatório;
ii.            Documento com manifestação de interesse e em que seja claramente demonstrado que o candidato possui experiência profissional requerida nos Requisitos de Admissão - obrigatório;
iii.            Até cinco publicações relevantes relativas ao objecto e requisitos do concurso - opcional;
iv.            Cópias digitais de documentos comprovativos de doutoramento e/ou de outras habilitações científicas e profissionais – deverão ser fornecidos documentos originais em caso de contratação - obrigatório;
v.            Outros documentos que o candidato considere relevantes para a apreciação do seu mérito científico, ou para declarar a situação pessoal nos casos cobertos na secção IX-2 deste Edital – opcional.
5.       Por decisão do Presidente do Conselho de Administração da FCiências.ID, não são admitidos a concurso os candidatos que não submeterem os documentos identificados no nº 4. Assiste-lhe ainda a faculdade de exigir a qualquer candidato, em caso de dúvida e para efeitos da sua admissão a concurso, a apresentação o de documentos comprovativos das respetivas declarações.

 

Produtos Sugeridos:

Anatomia das Plantas com Sementes

O Messias das Plantas - Aventuras em busca das espécies mais raras do Mundo

Biossíntese de Produtos Naturais

Uma Mão Cheia de Plantas que Curam - 55 Espécies Espontâneas em Portugal

 

[Se desejar manter-se informado sobre as oportunidades de emprego que surgem diariamente na área do Ambiente e Gestão de Recursos Naturais, siga a página "NaturJobs" que a Naturlink criou no Facebook em http://facebook.com/NaturJobs]

Comentários