Naturlink

Vacas-louras em Portugal: Investigadores criam rede de ciência-cidadã para monitorizar escaravelho protegido

BIO Somos Todos - Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro (coord.), SPEN - Sociedade Portuguesa de Entomologia, ICNF - Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (07-06-2016)

A vaca-loura, ou cabra-loura, é um escaravelho protegido cuja distribuição exata se desconhece em Portugal. Este inseto tem elevada importância ecológica, nomeadamente para manter a saúde das florestas, mas encontra-se ameaçado pela perda de habitat favorável. A partir de agora qualquer um de nós pode contribuir para a sua conservação!

As longas mandíbulas exibidas pelos machos, lembrando hastes de cervídeos, inspiraram Lineu a batizar esta espécie com o nome científico Lucanus cervus. É a vaca-loura, um grande escaravelho outrora comum, mas cada vez mais difícil de observar. Este inseto alimenta-se de madeira de árvores de folha caduca, como os carvalhos e os castanheiros, já morta e em decomposição. A degradação da madeira morta é crucial para manter a saúde das florestas, ao permitir a formação de manta morta, a consequente regeneração florestal e a ocorrência de comunidades de outros insetos e fungos, que por sua vez constituem a base de uma série de cadeias alimentares. A vaca-loura, assim como outros escaravelhos decompositores de madeira, presta assim um serviço ecológico de elevada importância. A industrialização da floresta Portuguesa restringiu as áreas de floresta caducifólia a manchas cada vez menores e mais fragmentadas, tendo estes insetos perdido muito do seu habitat.

É urgente adotar medidas de conservação para estas comunidades saproxílicas, mas para tal é preciso conhecer com mais detalhe a sua área de distribuição e abundância. Perante a escassez destes dados para Portugal, um grupo de cientistas lança agora a Rede Portuguesa para a Monitorização da Vaca-Loura. A ideia é envolver voluntários num projeto de ciência-cidadã que permita monitorizar a vaca-loura e finalmente conhecer com mais detalhe os seus locais de ocorrência em Portugal. A mesma metodologia será aplicada em vários países da Europa, estabelecendo-se uma rede Europeia que permita posteriormente analisar as medidas de conservação mais adequadas para a espécie.

Como pode participar?

É fácil! Se conhece alguma área onde seja habitual observar vaca-loura no Verão, adote um percurso de 500m e percorra-o semanalmente entre Junho e Julho. Registe as vacas-louras observadas e já está! Toda a informação está disponível e no facebook e na página web da iniciativa , onde se pode registar e obter toda a informação necessária. Pode também solicitar informação pelo email bio.deadwood@gmail.com

Em Portugal, a iniciativa conta com a coordenação do projeto BIO Somos Todos , da Unidade de Vida Selvagem do Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro, da SPEN - Sociedade Portuguesa de Entomologia e do ICNF - Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas.

Leituras Adicionais

Os senhores da Terra

Observar e ser observado pelos insectos

Produtos Sugeridos

As Borboletas de Portugal

As Libélulas de Portugal

Guarda-rios... o raio azul

Guia de Campo dos Anfíbios e Répteis de Portugal

Comentários