Naturlink

Morcegos em destaque: preservar espécies em perigo é o lema

Centro Ciência Viva do Alviela – CARSOSCÓPIO (22-05-2009)

No âmbito da Comemoração do Dia Internacional da Diversidade Biológica o Centro Ciência Viva do Alviela – CARSOSCÓPIO dá destaque à espécies de morcegos em perigo, promovendo uma “Noite dos Morcegos” gratuita.

No próximo dia 22 de Maio celebra-se o Dia Internacional da Diversidade Biológica, data instituída pelas Nações Unidas com o intuito de consciencializar o público para as questões da preservação da biodiversidade.

Sendo a biologia um dos temas centrais deste espaço de divulgação científica e tecnológica, o Centro Ciência Viva do Alviela – CARSOSCÓPIO promove, para assinalar a data, uma “Noite dos Morcegos” gratuita. Nesta acção, após a experimentação dos módulos interactivos do “Quiroptário”, será possível acompanhar ao vivo a saída dos morcegos para caçar junto à entrada da Lapa da Canada, gruta que abriga cerca de 5.000 indivíduos, de 12 espécies diferentes (9 delas em perigo de extinção), constituindo uma das mais importantes colónias de criação em Portugal.

Com o apoio de técnicos especializados, serão abordadas questões relacionadas com os mitos que envolvem estas espécies nocturnas de vida silenciosa e discreta, bem como aspectos relevantes da morfologia e ecologia dos morcegos. Com recurso a um detector de ultra-sons, os participantes podem ainda identificar as diferentes espécies de quirópteros presentes no Alviela.

A “Noite dos Morcegos” tem início às 19h30, sendo a inscrição gratuita e obrigatória (limite mínimo de 6 participantes e máximo de 20). Para mais informações, consultar www.alviela.cienciaviva.pt.  

Ficha de Inscrição

Os morcegos do Alviela

Embora tenham na generalidade uma má imagem junto do público devido ao seu modo de vida e a mitos e lendas que os associam ao vampiro, os morcegos são muito importantes para o equilíbrio dos ecossistemas: são grandes controladores de pragas e doenças transmitidas pelos insectos (morcegos insectívoros) e as suas fezes são um excelente adubo natural.

O complexo de cavidades do Alviela (Lapa da Canada) constitui um importante abrigo de morcegos cavernícolas, que se deslocam a este espaço entre Abril e Setembro para ter as suas crias. Dada a importância deste abrigo de criação, foi instalado em 2003 o primeiro Observatório de Morcegos Cavernícolas da Europa, que veio permitir o visionamento de imagens em directo a partir do interior da gruta sem introduzir perturbação no meio (câmaras de infra-vermelhos).

Actualmente, além de ser possível o visionamento destas imagens durante a visita ao Centro Ciência Viva do Alviela, estas estão também disponíveis para todo o mundo a partir do site “Morcegos na Web”, projecto que resulta de uma parceria entre entidades públicas e privadas (mais em http://static.publico.clix.pt/morcegosnaweb).  

O Centro Ciência Viva do Alviela – CARSOSCÓPIO

O Centro Ciência Viva do Alviela é um espaço de divulgação científica e tecnológica localizado junto à nascente do rio Alviela (Louriceira, Alcanena). Desde a sua inauguração a 15 de Dezembro de 2007 por Aníbal Cavaco Silva, o CARSOSCÓPIO recebeu mais de 23.000 visitantes, que, durante cerca de 1h30, puderam assistir à evolução geológica do Maciço Calcário Estremenho ao longo de 175 milhões de anos num simulador de realidade virtual (Geódromo), à influência do clima no funcionamento da nascente do rio Alviela a 3 dimensões (Climatógrafo), aproveitando para saber um pouco mais sobre os morcegos cavernícolas, através de módulos interactivos (Quiroptário). 

Esta exposição permanente do Centro Ciência Viva do Alviela foi totalmente concebida em território nacional, com o apoio da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Leiria (tecnologia) e do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros (conteúdos), na sequência de uma parceira estratégica entre a Câmara Municipal de Alcanena e a Ciência Viva – Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica.

Comentários