Naturlink

Estudo: Extinção de tartaruga-gigante foi causada pelo Homem

Filipa Alves (19-08-10)

Foram encontrados na ilha de Vanuatu restos fossilizados de uma espécie de tartaruga que se extinguiu há quase 3000 anos. Os fósseis são ossos das patas que terão servido de alimento aos humanos, que terão caçado a espécie até à extinção no espaço de 200 anos.

Cientistas australianos publicaram recentemente na revista Proceedings of the National Academy of Sciences um trabalho que relata aquele que é um dos primeiros exemplos de extinções no mundo animal causadas por humanos.

O estudo baseou-se num conjunto de fósseis descobertos na ilha de Vanuatu, no Pacífico, pertencentes a uma espécie até agora desconhecida de tartaruga-gigante do género Meiolania, que terá medido cerca de 2,5m e estaria munida de cornos.

Os ossos fossilizados das patas deste réptil gigante foram encontrados concentrados em determinado local sem que, no entanto, existissem carapaças ou crânios fossilizados. O facto de os membros serem a únicas partes com carne que podem servir de alimento, e o facto de os mais recentes datarem de há quase 3000 anos, 200 anos depois da chegada dos humanos à ilha, leva os cientistas a sugerir que a espécie foi caçada até à extinção pelo Homem.

Trata-se de mais um caso de extinção de um membro da megafauna. Este grupo é formado por espécies pré-históricas de grande porte que desaparecerem de repente sem que se saiba exactamente porquê – o Homem e as Alterações Climáticas são apontadas como hipóteses, embora, neste caso seja evidente a implicação dos Humanos.

Fonte: www.bbc.co.uk

Leituras Adicionais

Estudo: Extinção dos Mamutes contribuiu para a subida da temperatura atmosférica

A maior raia do mundo pode extinguir-se devido à sobrepesca 

Documentos Recomendados

Extinção e o Registro Fóssil

Climate Change, Humans, and the Extinction of the Woolly Mammoth

Comentários