Charcos com vida realiza atividade de educação ambiental sobre a importância ecológica dos charcos temporários nas lagoas do Campo Militar de Santa Margarida

ERENA (18-06-2012)
Imprimir
Texto A A A

No âmbito do projeto “Charcos com Vida”, no dia 13 de junho de 2012 realizou-se uma atividade de educação ambiental sob o tema do valor ecológico dos charcos e lagoas temporárias, nas lagoas do Campo Militar de Santa Margarida.

Este projeto é desenvolvido pelo CIBIO e apoiado pelo Fundo EDP para a Biodiversidade, Ciência Viva – Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica e Agência Portuguesa do Ambiente e tem como parceiros a Ciência Viva, a Altri, Naturlink, Pond Conservation, EPCN – European Pond Conservation Network, FSC – Field Studies Council, BioDiversity4All, Optimus, Piscinas Biológicas e a ERENA S.A.

A ERENA, em colaboração com a Brigada Mecanizada, efetuou numa primeira fase a caracterização e monitorização das espécies de anfíbios nalgumas das lagoas temporárias presentes no Campo Militar de Santa Margarida. Numa segunda fase procedeu à divulgação destes valores, direcionada à população escolar da região.

Na atividade de educação ambiental participaram três escolas do Agrupamento de Escolas de Constância, acompanhados dos respetivos professores e auxiliares, para além da equipa organizadora da ERENA e um elemento do Campo Militar, tendo todos os participantes evidenciado grande entusiasmo e empenho nas ações propostas.

A atividade teve início com uma apresentação teórica num dos anfiteatros da Brigada Mecanizada, onde foi explicado o que eram os corpos de água temporários e a sua importância ecológica, com especial ênfase para as comunidades de plantas, anfíbios, aves e alguns invertebrados.

 

Passou-se depois à aplicação prática dos conhecimentos, tendo-se amostrado dois charcos temporários e observado os animais capturados, que seguidamente foram devolvidos ao seu habitat. De seguida realizou-se um jogo de pistas durante o qual os alunos responderam a várias questões sobre o papel ecológico dos charcos e comunidades associadas, onde aplicaram os conhecimentos apreendidos.

Um agradecimento especial é devido à Brigada Mecanizada pela autorização e interesse, desde o primeiro contacto, no projeto no perímetro do Campo Militar e pelo acompanhamento e colaboração prestados em todos os momentos.

*Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Leituras Adicionais

Projecto educativo valoriza a Biodiversidade dos Charcos

Universidade de Évora publica guia de campo sobre charcos temporários

Documentos Recomendados

Plano de Gestão de Charcos Temporários Mediterrânicos no Concelho de Odemira

Casos de sintopia entre relas, Hyla arborea e H. meridionalis (Amphibia: Anura) na região de Évora: abundância relativa e uso de charcos


Comentários

zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

Newsletter