Lançada a campanha NaturSAPO – Campanha Nacional de Conservação de Anfíbios

Rui Borralho - Naturlink (12-04-10)
Imprimir
Texto A A A

Uma parceria de entidades coordenada pelo portal Naturlink/Sapo lançou uma campanha de cidadania que pretende contribuir significativamente para a conservação dos anfíbios da nossa fauna, através de um conjunto de acções que envolvem intervenções no terreno, difusão alargada de informação e sensibilização ambiental.

O portal Naturlink, enquanto canal ambiental do portal Sapo.pt, está a organizar a campanha de cidadania ambiental NaturSAPO – Campanha Nacional de Conservação de Anfíbios, a qual se insere na iniciativa internacional 2010 – Ano Internacional da Biodiversidade. A campanha beneficia do apoio institucional e operacional da APA – Agência Portuguesa do Ambiente e do ICNB – Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade, e da parceria técnica e científica do CIBIO – Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos da Universidade do Porto (responsável pela Coordenação Científica), da ERENA – Ordenamento e Gestão de Recursos Naturais, do Centro de Biologia Ambiental da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, da APENA – Associação Portuguesa de Engenharia Natural, e da SPH – Sociedade Portuguesa de Herpetologia. A acrescer a esta parceria, a campanha é apoiada por um conjunto crescente de instituições privadas, a quem agradecemos e a cuja lista e links poderá aceder nesta página. e no final deste artigo.

 

 

Os anfíbios são particularmente sensíveis a alterações do meio e as suas populações têm vindo a regredir a um ritmo preocupante em todo o planeta, devido a um conjunto alargado de ameaças. Nos últimos 20 anos crê-se que se terão extinguido 168 espécies de anfíbios a nível mundial, um número alarmante que se prevê que continue a aumentar nas próximas décadas. Apesar de ainda não se ter extinguido nenhuma espécie de anfíbio em Portugal, o panorama nacional não é animador, estando ameaçados pela destruição de habitat e desaparecimento de zonas húmidas para urbanização, monoculturas florestais exóticas, barragens e infra-estruturas viárias, poluição de rios e ribeiras, introdução de espécies exóticas, perseguição directa.

 

 

Neste contexto, a NaturSAPO envolve a realização um conjunto de acções destinadas a contribuir significativamente para a conservação dos anfíbios da fauna portuguesa, através (1) da implementação de acções de conservação no terreno [gestão e conservação de habitats de anfíbios], (2) da realização de iniciativas didácticas destinadas a diferentes públicos [educação e sensibilização], e (3) através da difusão de actualidade noticiosa regular sobre este grupo faunístico tão frequentemente esquecido [comunicação]. As componentes de comunicação e sensibilização ambiental desenrolar-se-ão pelo menos até ao final de 2010 e as acções de conservação no terreno decorrerão pelo menos durante um período de 5 a 10 anos, consoante os locais.

 

 

Neste momento, a parceria NaturSAPO já conseguiu reunir os apoios necessários para realizar as seguintes acções:

  • Estabelecimento de um conjunto de seis micro-reservas em diferentes locais de Portugal, que compreendem áreas com lagoas temporárias e troços de ribeiras com particular interesse para a conservação de anfíbios. Para tal, estão a ser estabelecidos acordos com os seus proprietários de modo a garantir que num período mínimo de 5 a 10 anos (consoante os casos) estas áreas sejam geridas de forma a beneficiar as populações de anfíbios, sendo efectuado durante este período o acompanhamento e amostragem das suas populações pela parceria NaturSAPO. Esperamos alargar o número de reservas a estabelecer e estamos a procurar obter os apoios necessários para atingir esse fim.
  • Implementação de acções de recuperação de linhas de água degradadas, empregando técnicas de Engenharia Natural e melhorando o habitat para os anfíbios. Até ao momento garantimos os apoios necessários para a recuperação de dois troços de linhas de água.
  • Organização da conferência internacional “Ecologia e Conservação de Anfíbios”, que decorrerá no dia 30 de Abril de 2010 (Dia Internacional da Conservação dos Anfíbios – “Save the Frogs Day”) no auditório 2 da Fundação Calouste Gulbenkian, onde será apresentado um conjunto excepcional de trabalhos nacionais e internacionais sobre este tema.

 

 

 

  • Organização da exposição “Anfíbios – uma pata na Água e outra na Terra”, que decorre de 5 de Abril a 15 de Maio de 2010 na Casa Andersen, no Jardim Botânico do Porto, e mostra de forma lúdica e interactiva o mundo desconhecido destes animais misteriosos, e o modo como sapos, rãs, relas, salamandras e tritões vivem entre o meio aquático e o meio terrestres ao longo das suas vidas.
  • Realização de um conjunto de acções pedagógicas, enquadradas num plano de educação ambiental sobre a importância dos anfíbios, direccionado para as escolas do ensino básico e secundário. Este plano incluirá a produção de conteúdos didácticos e jogos educativos distribuídos on-line e em CD-Rom, visitas a charcos para observação da sua biodiversidade, campanha de adopção de charcos designada “o charco da minha escola”, apresentações em escolas realizadas por técnicos e investigadores que trabalham com anfíbios, entre outras iniciativas.
  • Produção e actualização do canal NaturSAPO no portal Naturlink/Sapo. Trata-se de um canal internet onde são disponibilizados conteúdos lúdicos e técnicos sobre a ecologia e conservação de anfíbios e onde são divulgadas em permanência as diferentes iniciativas enquadradas nesta campanha e os seus resultados.
  • Realização de uma campanha de comunicação que incluirá a produção e divulgação sistemática de actualidade noticiosa sobre a conservação dos anfíbios e sobre a sua importância directa e indirecta no nosso dia-a-dia, quase sempre desconhecida da grande maioria de nós. Tal implicará a publicação regular de notícias, artigos e entrevistas não só no canal NaturSAPO, mas também nas homepages do portal Naturlink e do portal Sapo, bem como noutros canais do Sapo.pt. Adicionalmente será promovida a divulgação e publicação desta informação num leque alargado de órgãos de comunicação social.

 

 

Em suma, através destas acções as entidades envolvidas na Campanha NaturSAPO pretendem contribuir de forma objectiva para a conservação dos anfíbios da nossa fauna, informando, sensibilizando e agindo no terreno. Trata-se de uma iniciativa concebida, organizada e executada por uma parceria que acredita que a sociedade civil pode fazer a diferença e contribuir decisivamente para a conservação da biodiversidade. Se qualquer entidade desejar apoiar esta iniciativa juntando-se a esta parceria, ou se pretender divulgar outras acções de conservação de anfíbios que já estão a ser implementadas recorrendo aos meios de comunicação da campanha, teremos muito gosto, e todo o interesse, em receber essa informação e em analisar as melhores forma de cooperação. Agradecemos o contacto através do endereço de correio electrónico naturlink@naturlink.pt .

 

 

Organização

 

   

             

 

 

Apoio

 

   

  

 

Leituras Adicionais

 

Conferência internacional sobre Ecologia e Conservação de Anfíbios

 

Exposição ANFÍBIOS – Uma pata na água e outra na terra”

 

Causas do declínio global dos Anfíbios

 

Influência da duração dos corpos de água na reprodução da comunidade de anfíbios da Herdade da Ribeira Abaixo (Serra de Grândola)

 

Importância das vertentes com diferentes orientações para a comunidade de anfíbios da Herdade da Ribeira Abaixo (Serra de Grândola)

 

Os endemismos e a conservação da Biodiversidade

 

Biodiversidade, porquê preocuparmo-nos com ela?

 

 

Documentos Recomendados

Relação entre a Composição e a Estrutura da Paisagem e a Herpetofauna em Portugal

A Importância da Diversidade do Habitat para a Conservação dos Anfíbios e Répteis: o exemplo da Área Metropolitana do Porto

European Red List of Amphibians

Climate Change and Amphibians

Wildlife in a Changing World - An analysis of the 2008 IUCN Red List of Threatened Species


Comentários

zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

Newsletter