Reserva Natural do Paúl do Boquilobo, uma zona húmida a cuidar no coração de Portugal

Nuno Curado
Imprimir
Texto A A A

 

Entre os problemas ecológicos com que o Paúl do Boquilobo se debate, estão a dispersão descontrolada do jacinto-de-água, a regularização da quantidade de água retirada para efeitos agrícolas, algo que já causou problemas em anos mais secos, e a poluição industrial e doméstica do Rio Almonda. A Reserva Natural também tem uma reserva de caça encostada nos seus limites, algo potencialmente perigoso para as várias espécies de aves que procuram refúgio nesta zona húmida, uma vez que estas não conhecem os “limites” do santuário.

Uma nova ameaça para a Reserva Natural do Paul do Boquilobo é a construção prevista de um mega-empreendimento turístico junto, se não mesmo dentro, dos limites da Reserva Natural. O complexo “Boquilobo Golf”, uma urbanização com 6.818 vivendas, numa área de cerca de 300 hectares do concelho de Torres Novas, inclui ainda um campo de golfe e áreas destinadas a equipamento, serviços e comércio, num projecto que pretende atrair reformados do Norte da Europa. E há ainda a acrescentar à área do projecto, o necessário às respectivas acessibilidades. Além das perturbações imediatas que irão ocorrer aquando da sua construção, com o constante passar de máquinas pesadas, o barulho característico de qualquer obra e a própria presença humana, há a considerar os potenciais prejuízos após a sua instalação. Estes vão desde os efluentes domésticos que um complexo de 24.000 pessoas produz, à poluição sonora, que irá ter grande impacto num local reconhecido e protegido pelas suas espécies nidificantes. Além de que a presença de um complexo túristico atrai inevitavelmente a construção em seu redor de todo o tipo de lojas de comércio e restauração. O protocolo entre o Município de Torres Novas e a empresa promotora do complexo já foi aprovado pela Câmara Municipal de Torres Novas, e já mereceu o parecer favorável da assembleia municipal. Espera-se, no entanto, que o Ministério do Ambiente e que o próprio ICN se pronunciem sobre o assunto, uma vez que as dimensões do projecto em causa e o impacto que vai causar na área envolvente justificam a intervenção destas entidades. É ainda de obrigatória necessidade um estudo ao impacto ambiental que este empreendimento de desmesurada grandeza irá ter na Reserva Natural.


Informações e Contactos:

Quinta do Paul, Brogueira
Apartado 27
2350-334 TORRES NOVAS.
Tel.: (351)249820550. Fax: (351)249820378
e-mail: rnpb@icn.pt

A RNPB possui um percurso pedestre com 3 km de extensão (dificuldade fácil), passando por um observatório de aves em posição privilegiada. O Centro de Interpretação situa-se na Sede, à entrada da Reserva Natural.

Documentos recomendados

Historical information of the Portuguese Protected Areas and its implications for management

Proposta Metodológica para a Elaboração de Planos de Gestão de Sítios da Rede Natura 2000


Comentários

zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

Newsletter