Ficha do Carvalho-português

Nuno Cruz António
Imprimir
Texto A A A

 

OCORRÊNCIA

Ocorre em Portugal, Espanha e Norte de África. No nosso País é mais comum no Centro e Sul. Em Portugal esta espécie sofreu um grande declínio no século XX, ocorrendo sobretudo em pequenas manchas isoladas.


PREFERÊNCIAS AMBIENTAIS

Têm preferência por climas suaves e quentes, se bem que algumas variedades tolerem bem os climas continentais com grande amplitudes térmicas e de humidade. Dão-se bem em todos os tipos de solos, incluíndo os calcários.
Podem chegar, em altitude, até aos 1900 m. Ocorre muito em povoamentos mistos irregulares com outras espécies do género Quercus, como o Sobreiro e a Azinheira, sendo muito comum hibridar-se com eles, o que dificulta frequentemente a sua identificação.


O CARVALHO PORTUGUÊS NO ECOSSISTEMA

Os carvalhos portugueses ou cerquinhos são árvores de crescimento lento que, de uma forma simplificada, se pode afirmar que ocupam o "espaço ambiental" entre os carvalhos de folha caduca do Norte de Portugal - carvalho roble, carvalho negral - e os de folha persistente do Sul - sobreiro, azinheira. Desempenham um papel importante como espécie estreme de alguns solos bastante degradados e dos calcários, que são limitantes para a maior parte das espécies arbóreas e arbustivas.

Comentários

Newsletter