Ficha do Castanheiro

A.M.
Imprimir
Texto A A A

Características, ecologia e utilizações de uma nobre espécie arbórea. O Castanheiro é uma árvore de grandes dimensões que desenvolve os seus frutos, as apreciadas castanhas, no interior de ouriços.

IDENTIFICAÇÃO

O Castanheiro (Castanea sativa Miller) é uma angiospérmica dicotiledónea, da família das Fagáceas, a mesma família a que pertencem os carvalhos, e do género Castanea. Em Portugal é comum a espécie Castanea sativa Miller.

CARACTERÍSTICAS GERAIS E MORFOLÓGICAS

É uma árvore de grandes dimensões que atinge 20 a 30 metros de altura (por vezes mais) e de folha caduca. O porte é geralmente imponente com um tronco espesso e uma copa semi-esférica, mais ou menos alongada. O tronco é liso nos primeiros dez-quinze anos, mas a casca rapidamente se fendilha criando linhas pouco profundas que, com o envelhecimento das árvores, faz com que o tronco mais pareça estar torcido.

As folhas verdes brilhantes, lanceoladas (em forma do bico de uma lança) e dentadas (com a margem das folhas com pequenos dentes) e estão dispostas alternadamente sobre os ramos. O comprimento é variável mas é comum atingirem os 20 cm de comprimento e mais de 5 cm de largura. Do pé das folhas saem durante um período variável entre Maio e Julho os amentilhos (cachos de flores amarelas) que parecem iluminar a árvore, razão porque em algumas zonas do país lhes chamam candeias. O forte odor destas flores atrai abelhas e outros insectos que, juntamente com o vento, transportam o pólen de umas árvores para outras. O desenvolvimento dos frutos dá-se no interior de um invólucro espinhoso - ouriço. Em cada ouriço desenvolvem-se normalmente três castanhas de forma cónica mais ou menos achatada. A partir do início de Outubro os ouriços abrem e libertam as castanhas que caem no chão.


DISTRIBUIÇÃO

O Castanheiro europeu ocorre por toda a Europa do Sul (de Portugal e Espanha à Grécia, podendo a Norte ser encontrado em Inglaterra e País de Gales ou Alemanha, para além de todo o norte de França.


PREFERÊNCIAS AMBIENTAIS

O Castanheiro é uma árvore que se adapta facilmente a diversos tipos de clima e altitude ocorrendo desde altitudes baixas até ao cimo das montanhas, apesar de haver uma preferência por altitudes entre os 400 e 1000 metros (por vezes mais), climas sub-atlânticos, sem temperaturas abaixo dos 15º negativos e solos ligeiramente ácidos.

O CASTANHEIRO NO ECOSSISTEMA

O Castanheiro está associado ao Carvalho-negral (Quercus pyrenaica) e ao Carvalho-roble (Q. robur). Sob as suas copas ocorrem igualmente inúmeras plantas espontâneas, contribuindo grandemente para o aumento da diversidade biológica. Entre os animais que frequentemente visitam as áreas de castanheiro aparece o javali que se alimenta das castanhas que caem ao solo e que as disputa a coelhos e outros animais.

É uma árvore que permite o desenvolvimento de alguns cogumelos comestíveis conhecidos sob as suas copas, tirando a própria árvore algum benefício de algumas destas espécies. É sempre útil recordar que estas espécies de cogumelos não são todas comestíveis pelo que a sua recolha só deverá ser feita por quem os conheça bem.


CURIOSIDADES

Em Portugal há alguns exemplares de castanheiros monumentais nos distritos de Bragança Viseu e Guarda, cujos troncos têm circunferências com cerca de 10 metros e as copas conseguem abrigar várias dezenas de pessoas. Tratam-se de castanheiros centenários que parecem querer cumprir o dito do povo que diz que "um castanheiro leva 300 anos a crescer, 300 a viver e 300 a morrer".

A presença do castanheiro está bem patente na toponímia de Portugal onde aparecem frequentemente designações como Souto, Castanheiro ou Castanhal. Só com a designação de Souto há mais de três centenas de menções toponímicas.


UTILIZAÇÕES

O Castanheiro é explorado pela qualidade da madeira e pelas características dos seus frutos e tem sido um componente essencial da economia das populações rurais.

Do fruto das variedades que as populações foram seleccionando e que as mão hábeis foram enxertando, é obtido um rendimento importante com a sua venda quer para produto de luxo da culinária e confeitaria, quer para farinhas de rações pelas suas qualidades nutritivas. Nas regiões de produção é um importante alimento, quer para pessoas quer para animais, nomeadamente para o porco e perú cujo "acabamento" é feito com castanha.

A madeira tem inúmeras aplicações em cestaria, toneis e mobiliário mas também na construção para soalhos, portas e revestimentos. É uma madeira com uma densidade de cerca de 0,6. Tem o inconveniente de poder fendilhar quando seca.

OUTROS CASTANHEIROS

Castanea crenata tem origem na Coreia e no Japão. É uma árvore de porte mais pequeno, com folhas igualmente mais pequenas e mais dentadas.

Castanea molissima tem origem nalguams regiões montanhosas da China. É também uma árvore porte mais pequeno que o C. sativa.

Castanea dentata Borkh tem origem nos Estados Unidos da América e apresenta um porte semelhante ao C. sativa.

Comentários

Newsletter