A vegetação ripícola como filtro biológico de nutrientes

Nuno Leitão
Imprimir
Texto A A A

Este efeito de filtração é o que mais retira nutrientes ao longo do curso de um rio, o que constitui uma das mais relevantes funções destas estruturas para a manutenção da qualidade da água dos sistemas de água doce.

 

Bibliografia

Cortes, R.M. e Ferreira, T. (1998). Funções dos ecotonos ripários e o ordenamento de bacias hidrográficas. Workshop de Funções e Ordenamento de Zonas Ripárias, 14 a 16 de Outubro, UTAD, Portugal.

Ferreira, T. e Cortes, R.M. (1997). Estrutura e importância da mata ripária em sistemas fluviais da bacia do Tejo. III Simpósio de hidráulica e recursos hídricos. Maputo 15-17 de Abril, Associação Moçambicana de Ciência e Tecnologia, Volume 1,6 p.

Hunter, M.L.Jr. (1990). Wildlife, Forests and Forestry. Regents/Prentice Hall.

Malanson, G.P. (1993). Riparian landscapes. Cambridge University Press.

Moreira, I. e Saraiva, M.G. (coord.), Aguiar, F., Costa, J.C., Duarte, C., Fabião, A., Ferreria, T., Loupa-Ramos, I., Lousã e Pinto Monteiro, F. (1999) As galerias ribeirinhas na paisagem mediterrânica. Reconhecimento na bacia hidrográfica do Rio Sado. ISAPress. Lisboa. 98 pp.

Comentários

Newsletter