Marés Negras - O Mar Ameaçado

Ângela Pereira
Imprimir
Texto A A A

Fig. 5 – Métodos de combate e limpeza das marés negras: (A) Sistema e retenção insuflável junto à costa; (B) Avião lançando dispersantes sobre uma maré negra; (C) Uso de dispersantes na costa rochosa afectada por maré negra; (D) Limpeza de uma ave coberta por petróleo.

Naturalmente, o que é desejável, e porque são conhecidos os efeitos nefastos das marés negras, é que este tipo de desastre ecológico seja progressivamente menos frequente ou mesmo inexistente. No entanto, o planeta está cada vez mais dependente do petróleo (ainda que se procurem energias alternativas), o que nos leva a concluir que a probabilidade de ocorrência destes acidentes seja cada vez maior. Assim, parece que a solução passa, evidentemente, pela prevenção, que deveria incidir sobre as seguintes acções:

- Melhoramento das técnicas de navegação;
- Formação da tripulação, quer ao nível dos conhecimentos de navegação, quer ao nível dos problemas associados ao transporte de cargas perigosas;
- Reforço da legislação, regulamentos de segurança e vigilância sobre a poluição marinha;
- Construção de navios mais resistentes (e.g. com duplo casco);
- Maior investimento em manutenção de navios, contentores e condutas;
- Maior protecção das zonas sensíveis.

Comentários

Newsletter