Técnico de Conservação da Natureza (m/f) (13-06-18)

Imprimir
Texto A A A

MONTIS - Associação de Conservação da Natureza

A MONTIS - Associação de Conservação da Natureza é uma Organização Não Governamental, sem fins lucrativos e de âmbito nacional. Está sedeada em Vouzela, Viseu, foi criada no dia 21 de Março de 2014 e tem como objectivo central gerir territórios com relevância para a conservação dos valores naturais.
Iniciou a sua atividade nas serras envolventes do Vouga e Paiva (Freita, Arada, Montemuro, Lapa e Caramulo), onde actualmente tem sob gestão cerca de 155 hectares, com intenção de se estender a outros locais do território nacional, alargando a área de 2 hectares que já hoje gere em Montemor o Novo.
 www.montisacn.blogspot.pt

Resumo
A Montis procura um técnico de conservação da natureza, polivalente e com grande capacidade de adaptação a várias funções. Procuramos alguém que seja elegível para frequentar um estágio emprego do IEFP (condição não essencial, mas preferível em caso de igualdade de circunstâncias), tenha viatura própria e disponibilidade para viver na zona de Vouzela.

Oferecemos em troca:
Um ordenado a definir a partir da proposta apresentada na candidatura (ou uma bolsa do IEFP, se for o caso), nunca inferior à bolsa IEFP, a que acresce o subsídio de alimentação e seguro de trabalho, escritório em Vouzela para desenvolver o trabalho, todo o apoio técnico e de gestão que sabemos, vontade de fazer mais e melhor e a possibilidade de criar um futuro melhor para a associação e também para os que nela trabalham.
O risco é grande, a paga é pequena, mas as possibilidades não têm limites para quem queira trabalhar em conservação com os pés na terra, e tenha a capacidade de criar o seu futuro com o apoio da direcção, dos sócios e do resto da equipa técnica da Montis.

Política de recursos humanos da Montis
A Montis não acredita em organizações assentes na alta rotação de recursos humanos, procurando criar condições para que os seus trabalhadores tenham oportunidades profissionais consistentes.
No entanto, sendo, como é, uma associação de pessoas comuns sem recursos próprios elevados, não pode garantir à partida contratos sem termo, podendo apenas garantir que fará todos os esforços possíveis para prolongar o vínculo contratual, se conseguir mobilizar os recursos necessários, tal como fez com as contratações anteriores.
Todas as saídas de trabalhadores da Montis, até hoje, foram por decisão voluntária das pessoas envolvidas.
Todos os direitos laborais são escrupulosamente respeitados, sem prejuízo da necessária flexibilidade de horários que decorre da natureza do trabalho que fazemos. Férias, folgas, compensação de tempo de trabalho para lá do devido são direitos inquestionáveis sendo de contar com muitos fins-de-semana de trabalho.

Funções e objetivo de actividade:
- Técnico de conservação da natureza;
- Apoio na gestão de áreas naturais;
- Comunicação e gestão de redes sociais (outras pessoas são responsáveis por esta área, neste momento, mas todos deverão estar envolvidos neste assunto);
- Organização de passeios, ações de voluntariados, colóquios e outras atividades;
- Secretariado e gestão de sócios (outra pessoa é responsável por esta área, neste momento, mas a gestão de sócios é uma matéria transversal e central para a Montis);

Requisitos mínimos:
- Formação superior na área de engenharia florestal, arquitetura paisagista, biologia, ecologia, ciências agro-florestais ou similar, ou curriculum relevante nestas áreas, condição não essencial, mas fortemente preferencial;
- Carta de condução e viatura própria;
Outros requisitos preferenciais:
- Experiência e gosto no trabalho de campo;
- Disponibilidade para trabalhar aos fins de semana;
- Bons conhecimentos de inglês;
- Responsabilidade e boa capacidade de comunicação;
- Motivação, dinamismo e espírito de iniciativa;
- Autonomia;

Local de trabalho:
Vouzela (sede) e Serras da Arada, Freita e Caramulo (propriedades geridas pela associação);

Contrato e remuneração:
Contrato de seis meses ou bolsa de estágio equivalente aos níveis de qualificação 6, 7 e 8 (licenciatura, mestrado e doutoramento).
A remuneração será definida a partir da proposta apresentada, sendo um dos critérios de escolha para a contratação, tendo em atenção o conjunto de remunerações que hoje existem na Montis.

Processo de candidatura:
Os interessados devem enviar um CV atualizado, carta de motivação e dois a três contactos para pedido de referências, para montisacn@gmail.com até ao dia 25/6/2018.
As candidaturas serão avaliadas e posteriormente serão selecionadas algumas para a uma fase de entrevistas.
Após as entrevistas a direção da Montis fará a sua escolha.


Produtos Sugeridos

Guia de Campo das Árvores de Portugal e Europa

Anfíbios e Répteis de Portugal

Mamíferos de Portugal

Senhores do Bosque - Ungulados Silvestres em Portugal


[Se desejar manter-se informado sobre as oportunidades de emprego que surgem diariamente na área do Ambiente e Gestão de Recursos Naturais, siga a página "NaturJobs" que a Naturlink criou no Facebook em http://facebook.com/NaturJobs]

 

Comentários

Newsletter

 

Envie o seu anúncio de emprego através do e-mail naturlink@naturlink.pt