Parte da árvore mais antiga da Grã-Bretanha mudou de sexo

Filipa Alves (03-11-2015
Imprimir
Texto A A A

Uma parte da árvore mais antiga da Grã-Bretanha mudou de sexo. A ramagem do teixo de Fortingall (condado escocês de Perth), uma árvore identificada como macho por ostentar cones esféricos libertadores de pólen, produziu três bagas vermelhas, que correspondem a frutos, apenas gerados pelas árvores fêmea.

A descoberta foi levada a cabo por Max Coleman, do Royal Botanical Garden Edinburgh (RBGE), numa visita no passado dia 12 de outubro àquela que, com possivelmente mais de 5000 anos de idade, é candidata ao título de árvore mais antiga da Europa, noticia o Guardian.

Apesar de invulgar, não se trata de algo inédito, informa o jornal britânico, que refere que o fenómeno foi detetado pela primeira vez num teixo (Taxus baccata) britânico em 1837. O autor da descoberta recente dá conta da existência de outros casos de mudança de sexo de porções da copa de árvores nesta e noutras espécies do grupo das coníferas num relato no site “Botanics Stories”, plataforma online do jardim botânico escocês.

No seu post datado de 23 de outubro Max Coleman indica que as três sementes destes frutos foram recolhidas para que as plantas resultantes da sua germinação sejam incorporadas numa imponente sebe que rodeará o RBGE e que será representativa dos teixos das diferentes regiões do mundo onde a espécie ocorre.

Com efeito, esta fileira de plantas que corresponde a projeto de conservação da diversidade genética vegetal, um dos mais ambiciosos por sinal, vai integrar mais de 2.000 teixos originários da Europa, Cáucaso, Ásia Ocidental e Norte de África. 

Algumas das plantas desta sebe, que será única no mundo, serão portadoras de genes com uma longa história, como os do milenar teixo de Fortingall.

Fontes: Guardian e Botanics Stories: RBGE Personal & Project Stories

*Escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico

Leituras Adicionais

Segunda árvore mais antiga de Portugal é uma oliveira com 2450 anos de Reguengos de Monsaraz

Teixo, os dias do fim?

Documentos Recomendados

A Review on Benefits and Disadvantages of Tree Diversity

Food Stores: Using Protected Areas to Secure Crop Genetic Diversity

Produtos Sugeridos

À Sombra de Árvores com História

Guia de Campo das Árvores de Portugal e Europa

Comentários

Newsletter