Publicada actualização da Lista Vermelha das Espécies Ameaçadas

Filipa Alves (03-11-09)
Imprimir
Texto A A A

Das 47 677 espécies analisadas 17,291 estão ameaçadas incluindo 21% dos mamíferos, 30% dos anfíbios, 12% das aves, 28% dos répteis, 37% dos peixes de água doce, 70% das plantas e 25% das espécies de invertebrados avaliadas.

Perto do início do Ano Internacional da Biodiversidade, que se celebra em 2010, a análise do UICN revela um cenário assustador para a Biodiversidade, cuja crise se mantém, apesar das intenções declaradas por muitos governos de alterar a situação.

A lista deste ano incorpora um número considerável de espécies cuja situação foi analisada pela primeira vez, sobretudo de invertebrados, peixes de água doce e moluscos. Das 47 677 espécies analisadas 17,291 estão ameaçadas incluindo 21% dos mamíferos, 30% dos anfíbios, 12% das aves, 28% dos répteis, 37% dos peixes de água doce, 70% das plantas e 25% das espécies de invertebrados avaliadas.

Os anfíbios mantêm-se como grupo mais ameaçado com 1895 das 6285 espécies em risco, incluindo 39 extintas no meio silvestre, 484 criticamente em perigo, 754 em perigo e 657 vulneráveis. Outra situação preocupante é a dos animais e plantas que habitam biótopos de água doce, cuja condição reflecte o estado precário dos cursos de água.

Segundo Craig Hilrton-Taylor, responsável pela unidade que prepara a Lista Vermelha do IUCN “Este resultados são apenas a ponta do iceberg. Apenas conseguimos avaliar 47,663 espécies até ao momento; existem muitos mais milhões que podem estar muito ameaçados. No entanto, sabemos por experiência própria que os esforços de conservação funcionam por isso não devemos esperar até que seja demasiado tarde e temos de começar a salvar as nossas espécies agora.”

Saiba mais aqui

Fonte: www.iucn.org

Documentos Recomendados

Wildlife in a Changing World - An analysis of the 2008 IUCN Red List of Threatened Species

On the brink between extinction and persistence

Comentários

Newsletter