Conservação da biodiversidade e a Rede Natura 2000 em Portugal

Miguel Araújo
Imprimir
Texto A A A

Podemos, no entanto, começar a contabilizar as áreas que foram incluídas e excluídas e avaliar a sua representatividade. Por exemplo, da lista inicial de 69 sítios foram excluídos 14 (Serra do Larouco, Serra da Padrela, Moncorvo, Freixiel, Sr. da Pedra, Serra da Lapa, Paul de Madriz, Paul do Taipal, Mata Nacional do Urso, Tejo/Ocreza, Toulões, Paul do Bouquilobo, Torrão, Odeleite e Luzianes) e acrescentados 6 sítios novos (Serra d´Arga, Nisa/Lage de Prata, Cerro da Cabeça, Azebuxo/Leiria, Cambarinho e Barrinha do Esmoriz). Há ainda 3 sítios que foram excluídos da lista mas integrados nas ZPEs, isto é, em sítios para conservação da avifauna (Rio Côa, Ria de Aveiro e Tejo Internacional). No total foram seleccionados 59 sítios que acrescentam 925.309 hectares ao sistema nacional de áreas protegidas.


Entre os sítios excluídos contam-se 4 áreas consideradas importantes para o Lince Ibérico (Tejo-Ocreza, Torrão, Luzianes e Odelouca) e 3 áreas para o Lobo (Serras do Larouco, da Padrela e da Lapa). Serão estas áreas negligenciáveis para a conservação das duas espécies? Alguns dos sítios excluídos contam com ocorrências de habitats e/ou espécies prioritárias, raras, no contexto nacional. É o caso, por exemplo, da Serra do Larouco (habitat: prados de Nardus stricta que ocorre apenas noutro local), Moncorvo (espécie de planta: Holcus seligumis duriensis que ocorre apenas noutro local) e Mata do Urso (habitat: dunas com Salix arenaria que ocorre apenas noutro local; e espécie de planta: Thorella verticillatinundata que ocorre apenas em 3 outros locais). 

É fundamental que a lista de sítios agora identificada não seja assumida como uma lista estática. Como qualquer outra figura de planeamento é necessário prever a sua revisão e actualização. É possível que há medida que o conhecimento avance sejam identificadas novas áreas prioritárias. É igualmente possível que, há luz dos novos conhecimentos, possam ser desafectadas áreas agora classificadas.

Comentários

Newsletter