Insectos, plantas e jardins

Sara Otero
Imprimir
Texto A A A

Alguns insectos e outros invertebrados que se associam às plantas de jardim ou de interior podem constituir verdadeiras pragas, no entanto, muitos deles são benéficos, podendo tornar-se um aliado precioso para a saúde das suas plantas.

 

As plantas ornamentais são um elemento enriquecedor do nosso ambiente diário, melhorando-o e tornando-o mais aprazível. Flores, arbustos e árvores, embelezam os nossos jardins e parques, enquanto as plantas de interior tornam o ambiente que as envolve mais agradável.

Se tem como passatempo cuidar das suas plantas, mais cedo ou mais tarde irá ser confrontado com insectos que poderão arruiná-las e anular completamente o seu esforço e trabalho.

No entanto, nem todos os insectos são prejudiciais, existindo um grande número de insectos considerados benéficos. Predadores, parasitas e polinizadores, são os exemplos dos insectos benéficos mais importantes. Assim, aprender a identificar os insectos prejudiciais é o primeiro passo a dar para uma gestão efectiva das pragas.

Denote-se que a gestão das pragas de insectos usando os seus inimigos naturais é um dos métodos mais antigos e bem sucedidos utilizado pelo homem no controlo de pragas. Os insectos benéficos são inofensivos para as pessoas, plantas e animais. Jardineiros profissionais e agricultores utilizam insectos benéficos como a sua primeira forma de controlo de pragas.

Comentários

Newsletter