Um ninho artificial

João Bugalho
Imprimir
Texto A A A

 

Uma vez terminado, o ninho deverá ser colocado num local adequado. Para tal poderá ser fixo ao tronco de uma árvore ou pendurado de um ramo, de forma a que não balance demasiado e a uma altura compreendida entre os 2 e os 4 metros. Aves há que não gostam de nidificar muito longe do solo mas é aconselhável que a altura escolhida deixe o ninho fora das vistas e curiosidade humana e do alcance dos seus principais predadores. Cuidado com os cães e os gatos!

É raro que estes ninhos sejam frequentados imediatamente após a sua colocação. Há que dar tempo a que se sujem, adquiram uma côr mais próxima das do ambiente (estas características podem também ser aceleradas por nós, sujando o ninho com àgua enlameada, com tintas velhas - que não deitem cheiro - ou com mascarra) e para que as aves que frequentam a região se habituem à sua nova presença no local.

Algumas aves porém como os chapins e as carriças são pouco desconfiadas e instalar-se-ão em breve, caso não disponham no local de lugares naturais mais atraentes.

Comentários

Newsletter