A fogueira

Nuno Cruz António
Imprimir
Texto A A A

 

- Os ramos secos de oliveira, sobreiro e azinheira, são difíceis de acender mas dão um bom calor. A madeira de oliveira tem a característica de, depois de acesa consegue assim manter-se mesmo debaixo de chuva desde que não seja demasiado forte.

- As madeiras do castanheiro, choupos, ulmeiros, figueiras não são adequadas para fogueiras pois dão um lume fraco.

Genericamente podemos dizer que todas as coníferas (pinheiros, ciprestes) são boas para fazer um lume rápido. As folhosas (sobreiro, azinheira, eucalipto, castanheiro) são mais difíceis de queimar, podendo até nem ser adequadas para fazer fogueiras. As melhores delas, ainda que demorem a acender, proporcionam um lume quente e duradouro.

Que cuidados deve ter?

Acender uma fogueira é uma tarefa que deve ser feita com muito cuidado pois as consequências podem ser muito graves se ela não for correctamente desempenhada. De seguida são enunciadas algumas regras de ouro que deves cumprir SEMPRE:


Para não danificar as árvores:

- Apanha sempre ramos secos do chão e não partas ramos vivos das árvores.

- Não arranques ramos das árvores. O pior que podes fazer é cortar o ramo cimeiro da árvore; se o fizeres ela deixa de crescer a partir desse ponto.

- Lembra-te que as árvores sofrem de infecções e ataques de insectos tal como nós, pelo que é muito importante tratá-las com cuidado.

Comentários

Newsletter